Blog

Ajude seu filho a cuidar do pet que tem em casa

  1. 11 Mar 2019
  2. 708
Ajude seu filho a cuidar do pet que tem em casa

Os argumentos são sempre os mesmo, jurando até de pés juntos que vão cuidar dos pets. Só que, na prática, pais e mães acabam ficando com o dever de casa na hora de criar um animal estimação, o que inclui da alimentação ao passeio diário. As pesquisas não tem dúvidas em apontar os benefícios que a relação das crianças com os pets são muitos e bem importantes.

Tudo bem, você cedeu aos desejos do seu filho e finalmente a família adotou um animal de estimação. Ter um bicho em casa é saudável e contribui com o desenvolvimento da criança, já que estimula a socialização, fortalece o sistema imunológico e até melhora a autoestima dos pequenos.

Além de se divertir na companhia do pet, seu filho pode ser instruído a realizar pequenas tarefas, que ajudam a criar um senso de responsabilidade: é importante esclarecer desde o início que cada um deve fazer a sua parte para garantir o bem-estar do animal. Os pais devem ajudar as pequenos a melhorarem, dia a dia, esta relação.

Até os 2 anos, o bebê ainda não tem noção de controle e coordenação motora, o que dificultaria uma série de cuidados.Os pais devem estimular o carinho, a aproximação e a confiança”, conta Miranda. é uma fase para aprender a jogar a bolinha e interagir de maneira divertida.

Dos 3 aos 5 anos, a birra é mais comum nesta idade, por isso o seu filho tem mais dificuldade para aceitas as tarefas. é importante ter uma conversa e explicar a importância de cada um fazer a sua parte para que o animal não fique doente. O treinador de animais sugere compartilhar a responsabilidade de escovar o cachorro ou trocar a água, por exemplo. 

A partir dos 6 anos, a criança estará mais amadurecida para cuidar de um animal, com uma dose extra de autonomia. Por volta dos 9 anos, já costuma aceitar com menos dificuldade os pedidos dos adultos.

Deixe um Comentário