Blog

Atividade física para pets

  1. 06 Nov 2018
  2. 250
Atividade física para pets

Fim do sedentarismo, combate à obesidade, maior capacidade respiratória, mais facilidade para digerir os alimentos, prevenção do estresse, mais flexibilidade etc. Eis alguns dos benefícios que a prática de atividade física regular permite para os cães. E tudo isso começa por uma simples mudança de rotina na vida do animal.

O primeiro passo, porém, é você procurar um veterinário para avaliar a saúde do animal. Cachorros em pós-operatório ou portadores de problemas cardíacos, respiratórios, degenerativos e inflamatórios não devem praticar exercícios intensos. 

A prática da atividade física de maior impacto também não é indicada para filhotes de cães de grande porte, antes dos oito meses de idade, pois é nesta fase que as articulações estão em desenvolvimento.

Animais com displasia devem praticar atividades de baixo impacto e de forma moderada. A atividade física, nestes casos, auxilia a manter a massa muscular, preservando as articulações e auxiliando na prevenção do desgaste progressivo.

No verão, ou em dias de alta temperatura, as atividades físicas devem ser praticadas pela manhã ou no final da tarde, quando as temperaturas estão mais baixas. Algumas raças são mais sensíveis ao calor, em geral as braquicefálicas (de focinho curto), como Bulldog Inglês, Bulldog Francês e Pug. 

Os cães também não devem praticar atividades físicas após as refeições, pois há riscos de problemas no trato digestório. Cada animal apresenta características e resistências individuais nas atividades, por isso é fundamental que sejam respeitados os limites do animal.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes