Blog

Banho de piscina é bom, mas precisa ter cuidado com os pets

  1. 25 Jan 2022
  2. 951
Banho de piscina é bom, mas precisa ter cuidado com os pets

O verão, literalmente, demorou a esquentar, mas, agora, as altas temperaturas jogam os termômetros para o alto. E nesses dias de muito calor, combinar diversão com um bom banho de piscina, ou mesmo de "chuveirão", é uma boa dica para tutores e pets se refrescarem.

Embora ajude muito a suportar os dias de sol a pino, essas atividades requerem uma boa dose de cuidados, sobretudo no caso do banho de piscina, para não trazer problemas para os animais.

O primeiro ponto de atenção é a raça do cão, pois algumas delas não podem entrar na piscina. Nessa lista estão, por exemplo, animais como Basset Hound, Dachshund, Shih-tzus, Buldogues e Pugs. Eles possuem pernas curtas e, por isso, não conseguem nadar sem nenhum apoio.

O tutor precisa também ficar de olho na alimentação do animal. O recomendado é não alimentar o pet antes de ele cair na água. Isso evita, por exemplo, que ele passe mal ou tenha uma congestão. Se você der algum alimento para ele, dê um tempo aproximado de umas três horas.

Outro ponto importante é verificar como está a saúde do seu pet antes de ele se divertir na piscina. Evite o banho se ele estiver com algum problema de saúde, como uma doença de pele ou verminose.

Além desses cuidados essenciais, outros são relevantes, como o horário do banho. A dica é evitar os horários de sol a pino. Outro cuidado é usar um protetor de sol específico para pets.

E, claro, fique o tempo todo de banho muito atento para evitar algum acidente na piscina. Por exemplo, é bom usar um colete salva-vidas próprio para cães. E no mais, uma boa diversão para animais de estimação e tutores. Bom banho!

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes

X