Blog

Depressão também ameaça saúde dos pets

  1. 21 Jun 2018
  2. 1338
Depressão também ameaça saúde dos pets

Assim como os seres humanos, os animais domésticos também podem sofrer de depressão, considerado um dos grandes males do século. Uma série de estudos da medicina veterinária mostram que fatores como a perda de entes queridos, a longa ausência dos tutores, o nascimento de uma criança ou as mudanças constantes de ambientes podem provocar a doença em cães e gatos. 

A ausência dos tutores, apontam  os estudos, normalmente é a principal causa da depressão nos pets, caracterizada por um quadro de tristeza profunda. A doença em animais pode causar ainda outros problemas de saúde, como dermatites e perda de peso; e pode ainda ser confundida com outras doenças que também causam apatia. 

No caso dos cães, os estudos comprovam que algumas raças tendem a ser mais propensas à depressão que outras. Poodles, Yorkshires e Pinchers, por exemplo, são alguns dos cachorros mais suscetíveis aos distúrbios mentais, já que apresentam maior grau de dependência humana, requerendo atenção redobrada dos tutores.

Além dos sintomas clássicos de tristeza, no caso dos gatos é comum também que apresentem um comportamento agressivo e miados altos e frequentes.

Para evitar a tristeza nos animais, a recomendação é que os animais domésticos estejam sempre em atividade, como, por exemplo, o passeio diário e os exercícios constantes.

Deixe um Comentário