Blog

Exercícios físicos ajudam saúde dos gatos

  1. 28 Dez 2015
  2. 437
Exercícios físicos ajudam saúde dos gatos

O exercício físico deve ser encorajado, uma vez que colabora com o desenvolvimento da massa muscular e o gasto da gordura corporal. É muito importante que o gato obeso que vive em ambientes fechados redescubra uma atividade diária, que deve ser mantida mesmo após obtido a perda de peso desejada. O gato tem hábitos de comportamento muito específicos, que são conhecidos como “etograma do gato”. 

O exercício aumenta o bem-estar do gato 

O exercício resulta em gasto de energia que facilita a perda de peso; previne o risco da perda de músculos associado ao regime; ajuda a combater as consequências da obesidade na saúde através do estímulo da mobilidade e da função cardio-vascular; promove a estímulo mental do gato; e desenvolve a qualidade do relacionamento com o proprietário.

Para garantir que o proprietário esteja consciente deste aspecto do tratamento, é importante questioná-lo sobre o tempo que ele passa brincando com seu gato (consultar o questionário nas páginas finais).

O exercício deve ser adaptado às necessidades naturais do gato 

Os gatos têm uma necessidade natural para caçar ao longo de sua vida, não apenas quando são novos, e mesmo quando estão bem alimentados.Se o gato não tem acesso ao exterior, é importante ter este comportamento em mente e procurar ter vários períodos curtos para brincar ao invés de um único período longo;

O exercício deve ser iniciado progressivamente com simples movimentos,começando com dois ou três períodos de dois minutos por dia, ensinando o gato a caçar através de esconder o alimento em casa, de forma a encorajá-lo.Utilizando o alimento seco, deve-se iniciar espalhando o alimento cada vez mais afastado do comedouro. É importante manter uma consistência ao fornecer uma pequena quantidade de exercício todos os dias;

Um brinquedo de gato deve estimular o seu instinto predatório (mover-se rapidamente e de modo imprevisível, fazer barulho, assemelhar-se a uma pequena presa, liberar croquetes, etc.). Fios de pesca, bolas de papel, ratos mecânicos, brinquedos que distribuam alimentos, etc., ou a luz de uma caneta de laser são todos ideais desde que o gato tenha a possibilidade de apanhar algum objeto no final da brincadeira, evitando assim sua frustração.

Perguntas e respostas

Como o gato pode se exercitar se o proprietário está fora o dia todo?

O gato necessita de diferentes brinquedos na ausência do seu proprietário: por exemplo, um fio de pesca fixado com uma pequena pena ou uma bola anexada permite ao animal brincar sozinho. Os grandes brinquedos para gatos podem também ser muito estimulantes: os ideais têm no mínimo 2 ou 3 níveis com brinquedos móveis, um esconderijo e uma área para arranhar.

Finalmente, o gato pode brincar com um brinquedo distribuidor de alimento para se alimentar. Pode-se sugerir ao proprietário que descubra até que ponto o gato se interessa por este tipo de dispositivo, fazendo uma versão caseira – faça alguns orifícios numa garrafa de plástico de modo que os croquetes do alimento seco consigam cair quando a garrafa for movimentada.

Observação: Além desses conselhos, o proprietário nunca deve se esquecer de brincar com o seu gato!

A perda de peso torna um gato hiperativo ou agressivo?

A perda de tonicidade muscular é muito óbvia em um gato que está emagrecendo e pode preocupar alguns proprietários. Contudo, é normal e um sinal de afeto ver um gato alegre solicitando a atenção do seu proprietário ao andar sobre o livro que ele está lendo ou perseguir a página que ele escreve, etc.

Canalizar este entusiasmo de redescoberta pela vida é simples, bastando garantir que o gato tenha um ambiente rico em brinquedos, jogos, esconderijos e oportunidades de escalar. No entanto, se o gato ataca o seu proprietário, morde, arranha e não o deixa sossegado, é recomendada uma consulta ao médico veterinário. 

Este comportamento pode ser uma consequência do sentimento de fome, e requer um aumento do aporte total de alimento, ou da inclusão de uma porção maior de alimento úmido na dieta.

Fonte: Royal Canin 

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes