Blog

Férias exigem cuidados com os pets

  1. 06 Dez 2018
  2. 243
Férias exigem cuidados com os pets

Com o fim do ano, chegam as férias para muitas pessoas. Neste período, muitas famílias costumam viajar com seus cães e gatos, o que exige uma boa dose de cuidados com os animais de estimação. E a preparação deve começar bem antes mesmo da viagem para garantir a manutenção da saúde do animal.

Se você vai para sítio ou fazenda, seu animal pode adquirir carrapatos e pulgas. Carrapatos são transmissores de doenças como Babesiose e Erlichiose e, para evitar essa contaminação e prevenir o contágio, um bom método profilático deve ser empregado.

Mas se o destino for a praia, é importante consultar o médico veterinário porque será necessário um vermífugo para prevenir a Dirofilariose, ou o parasita do coração, que é uma doença parasitária dos cães, podendo também afetar os gatos. 

Estes parasitas migram por meio da pele e da musculatura, penetram nos vasos sanguíneos e finalmente alojam-se no ventrículo direito, na artéria pulmonar e na veia cava. Dependendo do grau de infestação, os parasitas poderão provocar uma redução considerável da função cardíaca, dificuldades respiratórias e uma tosse crônica.

O tratamento tem como objetivo a eliminação das formas larvares da Dirofilaria transmitidas pelos mosquitos, evitando que estas evoluam para parasitas adultos.

Na volta da viagem é importante a prescrição de um vermífugo para o seu animal. Ele pode ter tido contato com ambientes bastante contaminados. O diagnóstico da maioria das espécies de vermes é feito por meio do exame de fezes. 

Observe também o ouvido do seu animal. A presença de cera em excesso, cheiro desagradável, vermelhidão ou coceira podem indicar otite e, neste caso, é necessário higienizar corretamente o pavilhão auricular e conduto auditivo, e aplicar o produto indicado pelo médico veterinário (caso seja confirmada a inflamação). 
 

Deixe um Comentário