Blog

Hora de estimular a inteligência dos pets

  1. 19 Out 2017
  2. 1845
Hora de estimular a inteligência dos pets

Tudo bem que não chega a ser um dia de cão. Mas os pets que vivem sozinhos, como os que ficam o dia inteiro presos em apartamentos, precisam de estímulos para desenvolverem sua inteligência. E você sabe que pesquisas e mais pesquisas já mostraram a capacidade de os pets aprenderem. Então, o jeito é, mesmo a distância, estimular os animais, não só os solitários, mas também aqueles que vivem agarrados nas pernas de seus donos.

O mercado oferece toda a sorte de brinquedos e até mesmo alimentos capazes de estimular a inteligência dos cachorros. A receita é manter o animal sempre ocupado, seja com uma bola de meia, com um osso, uma guloseima ou um brinquedo.

O tempo todo o tutor precisa trabalhar para despertar a atenção do pet. E não esqueça de preparar aquela recompensa para cada tarefa que o animal cumprir a contento.

Os brinquedos aparecem nas prateleiras das lojas com os mais diversos formatos. Alguns deles funcionam como autênticos quebra-cabeças, ajudando a prender a atenção do pet por um bom tempo.

Se você preferir pode obter por fazer os próprios brinquedos dos pets em casa mesmo. Estão aí os velhos exemplos das bolas de papel e de meia, além de qualquer objeto que tenha movimento, como a rabiola de uma pipa. Use também a sua criatividade para estimular a inteligência do seu animal.

Por exemplo, uma garrafa pet vazia ou uma caixa de papelão pode virar um brinquedo e tanto. Com apenas alguns furos, é possível fazer uma boa brincadeira com o animal, colocando petiscos ou pequenos objetos sonoros dentro destes recipientes. Com isso, a brincadeira estará garantida, e o animal ocupado por algumas horas do dia.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes