Blog

Por que os cães, às vezes, latem tanto?

  1. 21 Mai 2021
  2. 634
Por que os cães, às vezes, latem tanto?

Os pets reúnem tudo de bom para a gente. São amigos, companheiros e fiéis de verdade na maior parte dessa longa convivência. Mas tem uma hora que a paciência de muito tutor acaba. Isso acontece quando eles começam a latir sem parar, incomodando, sobretudo, os vizinhos e as nossas visitas.

Antes de tudo, é importante que uma coisa fique clara: cachorros latem. É sua forma natural de se expressar e se comunicar, demonstrando alegria por alguém que acabou de chegar ou estranheza com algum desconhecido.

Por isso, para quem ama cachorros, conviver com latidos é algo normal, e até prazeroso. Apesar disso, é importante identificar quando o latido é natural e quando é excessivo e está virando um problema para você e até mesmo para seu amigo.

Apesar de ser natural o cão latir, existem alguns motivos que podem fazer isso ser mais comum. Fatores como proteção, medo, alarme, solidão e tédio são algumas das causas do latido excessivo.

O caminho para evitar que o cão fique latindo constantemente é entender a causa. Ele pode fazer isso para avisar que está com fome, sede, medo, solidão ou dor, por exemplo.

O tutor, então, precisa agir diretamente na causa do latido. Por exemplo, se o cachorro late para avisar que está com fome, procure criar uma rotina. Já se o cachorro late por estar entediado, compre brinquedos interativos para estimulá-lo.

Veja algumas medidas que vão ajudar a fazer com que o cachorro pare de latir:

Não grite com ele - neste caso, a melhor receita é o tutor ficar calmo e tranquilo. Gritando, você deixa o animal mais nervoso ainda.

Dê recompensas - sempre que o pet parar de latir, dê a ele um petisco ou um carinho. Ele vai aprender que não é latindo que consegue o que quer.

Estabeleça limites - ou seja, você pode deixar ele latir um pouco, e depois de um certo número de vezes peça, de forma calma e tranquila que ele pare de latir.

Deixe um Comentário

X