Blog

Receita para a saúde do coração do seu pet

  1. 07 Jul 2015
  2. 568
Receita para a saúde do coração do seu pet

Alimentação saudável e equilibrada com as doses certas de nutrientes. Esta receita que vale para as pessoas também cai sob medida para os cães. Capaz de prevenir uma série de doenças, a dieta certa funciona como o principal remédio para manter sempre em dia a saúde do coração dos cachorros, afinal seu bom estado é tudo para a vida dos pets.

O primeiro cuidado é ministrar para o animal uma alimentação de acordo com duas variáveis básicas: o tamanho do cachorro (pequeno, médio ou grande) e sua faixa etária (filhote, jovem ou adulto). Outra atenção necessária é em relação ao histórico genético da raça. Raças como Boxer e Poodle têm uma maior predisposição a doenças cardíacas.

O que uma boa dieta precisa ter?

Os especialistas em nutrição animal recomendam que a dieta contenha proteínas de origem animal (carne de boi, frango e ovos, por exemplo) e vegetais, neste caso evitando certos produtos, como cebola e alho. A composição deve ser seguida tanto para uma dieta à base de alimentos normais quanto por ração.

A dieta à base de alimentos normais de origem animal também deve ser bem dosada para evitar o excesso de gordura. Isto porque esta substância em demasia eleva os níveis de colesterol, sendo, portanto, prejudicial ao coração do animal.

Se o cão sofrer com problemas cardíacos, os cuidados com a dieta precisam ser dobrados. Existem no mercado produtos específicos para animais cardíacos. Se preferir ministrar para ele uma dieta com comida caseira, recomenda-se uma boa conversa com o veterinário. Aliás, esta receita - consulta ao especialista - vale para os dois casos.

Coração valente

A dieta, com certeza, é um elemento vital para a boa saúde do coração dos cães. Só que ela vai agir melhor se o animal tiver uma rotina de exercícios e atividades físicas para evitar a vida sedentária. E, naturalmente, a obesidade, fator de risco para o desenvolvimento de uma série de doenças cardíacas.

Então, não deixe passar em branco aquele passeio diário pelo quarteirão de onde você mora, pois isso fará bem para você e seu pet. Sempre que possível, leve seu animal para um lugar no qual ele possa ficar solto para fazer brincadeiras como buscar um disco arremessado ou mesmo correr atrás de você. Esta, com certeza, será uma ajuda e tanto para o coração do seu animal.

Sinais do coração

Como as doenças cardíacas costumam se manifestar de forma muito silenciosa, só ficando bem evidentes, em muitos casos, no seu estágio de maior gravidade, é bom você ficar sempre atento com os sinais que vêm do coração do seu pet. Isso pode ajudar a pegar o problema em seu estágio inicial, o que é sempre melhor para o tratamento.

Sintomas como cansaço excessivo após uma simples brincadeira, tosse constante, indisposição alimentar e obesidade podem indicar algum tipo de problema cardíaco. Se você tem um cão com mais idade, também fique de olho aberto, pois certas doenças cardíacas surgem com o passar dos anos.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes