Blog

Solteiros podem sentir menos os benefícios da vida com o pet

  1. 06 Fev 2020
  2. 477
Solteiros podem sentir menos os benefícios da vida com o pet

Ao longo dos anos, pesquisas e mais pesquisas vêm mostrando os benefícios da relação entre seres humanos e seus pets, sobretudo, os cães. Eles são muitos, desde a fiel companhia até a questão de saúde, passando pelo sentimento de amizade. Só que, agora, um estudo concluiu que o estado civil do tutor interfere nos benefícios que o convívio com os cães trazem.

Segundo estudo da Faculdade de Saúde Pública de Sydney, na Austrália, publicado na revista científica Anthrozoös, os tutores solteiros estão mais sujeitos a sentirem menos os benefícios dessa relação. O estudo consultou 68.362 adultos residentes na Inglaterra

A pesquisa procurou fazer a associação entre saúde mental e a posse de cães e, ao mesmo tempo, analisar uma possível relação entre a posse de cães e o estado civil dos tutores em à doença mental. De acordo com o estudo, ter um cão representa uma melhoria na saúde psicológica e psiquiátrica, mas os efeitos podem variar de acordo com o estado civil.

O estudo indica que, no caso dos solteiros, a posse de cães parece ter um efeito prejudicial nos problemas de saúde mental temporários. Segundo a pesquisa, a posse de cães estava associada a um aumento do risco de relatar sofrimento psicológico a curto prazo entre os participantes solitários.

A pesquisa apontou ainda que os tutores de cães que vivem com um parceiro apresentam menos probabilidades de ter uma doença mental a longo prazo. No total, 15.856 participantes, cerca de um quarto da amostra, indicaram que tinham, pelo menos, um cão em casa e estes eram menos propensos a sofrer de doenças mentais de longa duração do que os participantes que não tinham animais de companhia.

Deixe um Comentário

X