Blog

Todo cuidado contra os inimigos dos pets

  1. 11 Mar 2020
  2. 1137
Todo cuidado contra os inimigos dos pets

A higiene e o controle do ambiente são itens fundamentais para enfrentar alguns dos principais inimigos da saúde dos pets: as pulgas e carrapatos. Segundo estimativas, 95% das pulgas, por exemplo, estão no ambiente frequentado pelo animal e apenas 5% em sua pelagem.

As pulgas e carrapatos são encontrados tanto no meio rural quanto no urbno. Eles costumam fazer ninhos nas frestas dos tacos de madeira, portas, carpetes, tapetes, além de gramado e terra. Daí a importância de ficar de olho nos locais que são frequentados pelos pets.

As pulgas e os carrapatos também podem ser identificados com uma varredura no pelo do animal. O tutor deve observar sempre se o pet está se coçando muito, apresenta falhas na pelagem, descamações ou alergias na pele.

Em alguns casos, o animal pode ficar prostrado, parar de comer, entre outros sintomas. Na verdade, a maioria dos cães são alérgicos a ectoparasitas, além de picada de insetos, como mosquitos e piolhos.

Doenças

As pulgas ainda transmitem verminoses para cães e gatos. Como picam o animal, podem transmitir vermes pela saliva. Nos felinos, porém, ação delas é mais grave, pois podem contaminá-los com a Mycoplasma, parasita do sangue, cuja nocividade está sendo estudada. Grandes infestações de pulgas, sem tratamento adequado, ainda levam a quadros de anemia que podem ser graves, dependendo do estado de saúde do animal.

Já os carrapatos são responsáveis principalmente pela Erlichiose e Babesiose, enfermidades popularmente conhecidas como “doença do carrapato”, que destrói as células sanguíneas. Febre, apatia, falta de apetite são alguns dos sintomas manifestados. O doença pode até levar a óbito.

Dicas e curiosidades

• em geral, os antipulgas devem ser usados uma vez por mês – uma forma de prevenir o problema antes do ataque;

• as pulgas e os carrapatos são transmitidos de um animal para outro. Por isso os cuidados com pets que vivem com outros animais devem ser redobrados;

• além do sintomas que incomodam o animal, o dono tem de verificar se por se coçarem, esses pets não causem feridas na pele, gerando uma infecção na área atingida;

• existem produtos no mercado que tem indicação em bula para filhotes a partir de seis semanas;

• raças como Border Collie, Collie e Pastor de Sheltland estão entre os cães que apresentam contraindicações em relação ao uso de alguns antipulgas, cujo princípio ativo contém ivermectina;

• é muito comum nos consultórios o diagnóstico de DAPE – Dermatite Alérgica a picadas de ectoparasitas, como pulgas, piolhos, carrapatos e mosquitos.

Deixe um Comentário

X