Blog

Um "Tinder" para ajudar na adoção de pets

  1. 09 Set 2021
  2. 122
Um

Embora seja ainda uma prática pouco realizada no país, a adoção de pets cresceu na pandemia. O aumento foi da ordem de 30%, de acordo com números de uma pesquisa da Comissão de Animais de Companhia (Comac). Só que também houve evolução na taxa de abandono neste período

Agora, a tecnologia pode ajudar a melhorar ainda mais esse dado. E a solução pode ser o PetPonto, um aplicativo de adoção que ganhou a marca de Tinder dos pets, seguindo os passos do famoso app de relacionamento humano.

Estima-se que são mais de 170 mil animais à espera de uma família, fora os que estão com protetores independentes. E dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que existam mais de 30 milhões de animais abandonados no Brasil.

O PetPonto é uma ferramenta que conecta ONGs e protetores autônomos de animais a possíveis adotantes.
A partir de geolocalização, é possível identificar, de forma simplificada, onde estão os animais e analisar o “perfil” de cada um, exatamente como nos apps de relacionamento.

Os usuários da plataforma podem colaborar com as organizações que acolhem os animais em situação de rua, mesmo sem adotar algum bichinho. O objetivo é conseguir ajudar as ONGs a continuarem a fazer esse bonito trabalho.

A situação dos animais que têm algum tipo de deficiência é ainda mais delicada. No PetPonto, há vários deles que tiveram membros amputados ou com sequelas de doenças. Sem a visibilidade proporcionada pelo aplicativo, dificilmente esses animais teriam alguma chance de adoção.

Deixe um Comentário

X