Blog

Cuidados para que o pet tenha uma velhice tranquila

  1. 31 Jan 2018
  2. 1934
Cuidados para que o pet tenha uma velhice tranquila

Os cães, apesar de nem todos pensarem nisso na hora de sua chegada, são companheiros para muitos anos. Naturalmente, eles chegam à velhice, o que exige dos tutores uma série de cuidados. Uma série de fatores vão influenciar no prolongamento ou não de sua vida, exatamente como acontece com os seres humanos.

Os cachorros, por exemplo, vivem em média de 10 a 13 anos, dependendo da raça do animal; já os gatos, de acordo com especialistas, podem viver um pouco mais, de 12 a 17 anos.

Os animais atingem a velhice rapidamente. Um cachorro com oito anos, por exemplo, já é considerado idoso; o gato com 10 anos também. E quando o seu animal chega a essa idade, assim como os seres humanos, é necessário atenção com alguns cuidados, que facilitarão a vida do seu parceiro.

Um fator importante é manter na velhice dos animais da carteira de vacinação atualizada, assim como os exames. A maioria dessas vacinas são tomadas durante os primeiros meses de vida, mas podem ser aplicadas durante a vida do animal, caso o tutor não se atente. 

Outro importante detalhe é com a saúde física do animal, como destaca o veterinário. A idade, naturalmente, torna o animal mais lento e preguiçoso, mas é preciso frisar que a atividade física ajuda a fortalecer a musculatura dos animais, que terão uma velhice melhor.

A idade também não pode impedir de o animal se divertir. OU seja, nada de evitar levar o animal para a praia ou a uma viagem, por exemplo. Afinal, velhice não é doença! Uma boa dose de carinho e cuidados ajuda a prolongar a vida do seu amigo.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes