Blog

Fogos de artifícios: um risco para os pets

  1. 26 Dez 2018
  2. 841
Fogos de artifícios: um risco para os pets

Animais sofrem com a queima de fogos de artifício, tradicional da virada do ano. Desesperados com o incômodo causado pelo barulho de foguetes, muitos animais fogem de casa e acabam se perdendo, correndo riscos, inclusive, de atropelamentos. Se esse animal estiver preso, pode ser pior: ele pode acabar se enforcando.

Uma dica importante é treinar os animais a médio e longo prazo para lidar com o barulho. Um trabalho que deve ser feito com antecedência.  Os animais têm que ser treinados para associar o barulho com uma coisa boa, com uma recompensa. Mas isso demanda tempo, pelo menos uns quatro meses antes das festas de final de ano. 

Se o preparado antecipado não foi feito, o jeito é seguir algumas dicas:

# No dia da festa, seja passagem do ano, celebração de um feriado ou final de um campeonato, crie um lugar seguro, fechado e que os sons sejam abafados.

# É preciso tirar objetos que possam ferir o animal, caso ele fique desesperado e não se controle; deixar a luz acessa e fechar cortinas ou algo que possa tampar as janelas para esconder as luzes ajuda o animal a se tranquilizar.

# Ligue a TV ou um ventilador para abafar o som externo; alguns animais respondem bem com um algodão no ouvido, para outros não fazem diferença.

# Cães ou qualquer outro animal que perde o controle com o susto deve ser separado dos demais para não brigarem e se machucarem; cães de guarda ou de trabalho são mais sensíveis ao som, o que demanda mais atenção dos tutores.
 

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes