Blog

Higiene oral do cão exige cuidado diário

  1. 26 Jan 2016
  2. 520
Higiene oral do cão exige cuidado diário

Ração diária, um apetitoso petisco, uma guloseima qualquer... Indispensável no dia a dia dos cães, todo tipo de alimentação exige uma atenção especial com a saúde bucal. A maior ameaça é o desenvolvimento da placa dentária, que é um processo contínuo. Os benefícios do tratamento tem curta duração, o que torna fundamental que os tutores mantenham os cuidados diários.

Um alerta importante é que a doença periodontal pode ser interrompida mas não curada. Ela inevitavelmente reaparece se o proprietário não manter os cuidados de higiene. A placa dental, biofilme bacteriano, deve ser eliminado. 

A melhor receita é fazer a escovação diária, medida essencial após o tratamento. Caso contrário a placa bacteriana dental rapidamente acumula-se e favorece a progressão da doença periodontal. Se após o tratamento periodontal não houver higiene oral diária, escovação, em três meses o cão já apresentará gengivite semelhante a do dia do tratamento.

Estimular o proprietário

Os proprietários devem ser claramente informados sobre o desenvolvimento e as consequências da doença periodontal. Eles, então, compreendem a importância da higiene oral diária. O método mais eficaz para eliminar a placa dental é a escovação, por isto, deve ser introduzida logo após o tratamento. É importante que seja feita diariamente. 

Visitas regulares ao médico veterinário ajudarão o proprietário a escovar os dentes do cão de forma eficaz. O retorno ao médico veterinário depende das condições individuais do cão e da higiene oral diária aplicada pelo proprietário. Veja abaixo algumas dicas elaboradas pela Royal Canin.

Perguntas e respostas

Existe algum medicamento que previna ou dissolva o tártaro?

Não. A ação mecânica é o único método para remover a placa e o tártaro.

É possível prolongar os benefícios do tratamento periodontal com antibióticos?

Não, pela mesma razão acima. Antibióticos poderão ser inúteis e perigosos, pois usá-lo sem objetivo favorece o aparecimento da resistência bacteriana. O médico veterinário pode administrar antibióticos apenas durante o tratamento para evitar que as bactérias bucais entrem na corrente sanguínea. 

É possível prolongar os benefícios do tratamento periodontal com o uso de antisséptico bucal? 

Alguns antissépticos com clorexidina aerosol, solução ou gel, podem ajudar de modo eficaz caso sejam aplicados sobre o dente ou gengiva limpos. Mas eles têm certos inconvenientes como o gosto amargo e a pigmentação da placa bacteriana de marrom. Por isto, seu uso é de curto tempo antes e após o tratamento periodontal. 

O que acontece caso o cliente não siga as recomendações de higiene oral após o tratamento periodontal? 

Num prazo de três meses, a inflamação causada pela placa bacteriana e a doença periodontal estarão exatamente como antes do tratamento periodontal.

Dicas para a equipe veterinária

O papel da equipe veterinária após o tratamento é fundamental, pois é preciso:

# insistir sobre a necessidade da higiene oral diária. 

# deixar disponível contato telefônico ou e-mail para acompanhar e estimular os cuidados de higiene. 

# não presumir que será fácil ao proprietário realizar a higiene oral. 

# verificar constantemente o comprometimento e a eficiência convidando-o a retornar ao consultório periodicamente. 

# também não supor que o proprietário não queira fazer ou não seja apto a realizar a higiene oral.

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes