Blog

Qual raça de pet escolher?

  1. 16 Mar 2018
  2. 2083
Qual raça de pet escolher?

Você tomou a decisão de ter um cão como companheiro em casa. Pronto! Agora falta resolver a segunda parte da equação que terá que conviver por muitos anos: escolher a raça de cachorro. No mundo, existe uma variedade muito grande de raças, com animais de todos os tipos, cores, temperamentos, nacionalidade e tamanhos. 

Daqui para a frente, para facilitar a sua escolha o nosso blog vai publicar de tempos em tempos matérias sobre as raças existentes, procurando destacar as principais características de cada uma delas. Abaixo você confere as primeiras.

Bulldog Francês

Local de origem: França
Porte: Pequeno
Pelo: Curto

Histórico

Por volta de 1880, chegaram à França alguns Bulldogs trazidos por tecelões ingleses, e o cruzamento deles com algumas raças, possivelmente o Pug, o Griffon Belga e o Brabaçon, deu origem à raça atual. No final do século XIX o padrão da raça foi estabelecido.

Características

É inteligente, sensível e tem boa índole. É ativo, algumas vezes travesso, é um companheiro afetuoso e dócil com as crianças. Esta raça requer atenção e carinho. É corajoso, enérgico, um bom cão de guarda e pouco amistoso com outros cães. 

O pelo é curto, liso, macio e brilhante. Na coloração da pelagem permite-se fulvo, tigrado ou não, com manchas médias ou predominantes. As nuances do fulvo vão do vermelho ao café com leite. 
Peso: de 8 a 14kg.

Dicas

Recomenda-se que o seu adestramento inicie cedo. Aconselhe-se com o Médico Veterinário sobre a adaptação desta raça em apartamento e qual o treinamento mais adequado. 

Bastam passeios breves, evitando-se os períodos mais quentes. Pode ter dificuldades respiratórias no calor. É indicado que na época de troca de pêlos a escovação seja feita diariamente. Também se recomenda observar as dobras da face e os olhos.

Pequinês

Pequinês
Local de origem: China
Porte: Pequeno
Pelo: Longo

Histórico

Esta raça é uma das mais antigas do mundo e tem o nome da capital de seu país de origem, a China. Aparece em figuras de bronze datadas de 4 mil anos. Vivia de forma privilegiada na corte imperial chinesa, como propriedade exclusiva do Imperador. Ficou conhecido no Ocidente em 1860, quando foi levado para a Inglaterra, após o saque ocorrido na Cidade Proibida.

Características

É alegre, vivo, nobre e inteligente. É independente, determinado, corajoso, pouco amigável com estranhos, um bom cão de guarda. Seu caminhar tem um ligeiro gingado. É muito ligado ao seu dono, nem sempre amistoso com crianças. 

O pelo é longo, liso e duro; com subpêlo grosso, com franjas abundantes. Na coloração da pelagem todas as cores e marcas são aceitas, com exceção das cores branca e fígado. 
Peso: de 2,5 a 6kg.

Dicas

São recomendados passeios curtos todos os dias. Aconselhe-se com o Médico Veterinário sobre a adaptação desta raça em apartamento e qual o treinamento mais adequado. É recomendado que seja penteado e escovado diariamente. Também se recomenda a observação dos olhos e das dobras da face.

Chihuahua

Local de origem: México
Porte: Pequeno
Pêlo: Curto

Histórico

É uma das menores raças do mundo, tendo seu nome derivado da região de Chihuahua, no México. No final do século XIX esta raça foi introduzida nos EUA e depois na Europa. Foi reconhecido pelo Kennel Club Americano em 1907.

Características

É vivo, inteligente e audacioso. Independente e corajoso, tem personalidade autêntica. É afetuoso e possessivo com seu dono. É bom ladrador, muito pouco amistoso com desconhecidos, um bom cão de alerta. 
Existem duas variedades de pêlo: curto (liso, cerrado e brilhante) e longo (com franjas onduladas). Na coloração da pelagem são aceitas todas as cores, sendo as tonalidades mais conhecidas o castanho, o chocolate e o creme. 
Peso: de 1 a 3,5kg.

Dicas

Aconselhe-se com o médico veterinário sobre a adaptação desta raça em apartamento e qual o adestramento mais adequado. Recomenda-se que possa passear diariamente. É indicada a escovação da pelagem com frequência regular. Recomenda-se observar os olhos e os dentes e também a sensibilidade da raça quanto ao frio.

com informações do Bayerpet

Deixe um Comentário

Curta nossa página

Posts Recentes